sexta-feira, 8 de julho de 2011

Prosperity - Todo mundo merece!


                                                                            

Ideal para criar um ambiente de prosperidade material e afetiva. Cria climas de prosperidade

COMPONENTES PRINCIPAIS
 Óleos Essenciais Puros:
Patchouli: limpa a mente e ajuda a concentrar-se. Ajuda na elaboração de idéias. Óleo do Patchouli também podem aliviar o estresse das pessoas com atividade mental excessiva que pode se sentir fora de contato com seus corpos e sensualidade. Foi considerado um afrodisíaco e pode ser útil para tal com a impotência, frigidez, sexual e ansiedade, que são produtos de angústia mental. Patchouli combina o efeito afrodisíaco com um antidepressivo, elevar o espírito com ele;  é doce, quente e picante. Como se isso não bastasse, Patchouli é provavelmente uma fonte de prosperidade e abundância, pois é um grande organizador de ideías.
Vetiver: Na Índia e no Sri Lanka é conhecido por "Óleo da Tranquilidade" porque ajuda a pôr termo aos pensamentos impertinentes e persistentes que assolam a mente.  Transmitem força e coragem para enfrentar e ultrapassar as adversidades da vida. Dá segurança quando se perde, ajuda a recuperar o equilíbrio em situações de pânico, relaxa e alivia o stress. Ajuda-nos a fixar raízes, concretizar os sonhos.

Essências Florais:
Buttercup: sentimentos de auto-estima baixa, incapaz de reconhecer ou experimentar a própria luz interior e unicidade. Aceitação, alienação, auto-aceitação, auto-anulação, auto-estima, auto-realização, dúvida, fracasso, inadequação, segurança, timidez, vergonha.
 Wild Oat: Esta essência ajuda aqueles que ainda não descobriram sua vocação e seu caminho nesta vida. Por isto estão sempre "pulando de galho em galho" sem que fiquem satisfeitos ou sintam-se realizados. É para aquele sujeito que muda várias vezes de emprego porque não sabe o que quer. Para a pessoa que tem inúmeras idéias e projetos e que termina por fazer várias experiências na vida sem se firmar em nenhuma. São pessoas que, por não terem idéias definidas, por não conhecerem sua vocação e nem saberem de suas reais potencialidades e aptidões, não conseguem encontrar satisfação com o que fazem. Geralmente são ambiciosas e pensam em concretizar projetos importantes. Não conseguem realizar estes projetos, assim ficam frustradas e desiludidas. O dia-a-dia torna-se um tédio.  A essência floral Wild Oat ajuda estas pessoas a encontrar sua vocação interior. Ajuda a que os projetos e idéias fiquem mais definidos e de acordo com suas aptidões e potencialidades. Assim é possível planejar e administrar os pequenos passos que vão levar a realização dos objetivos maiores da vida.
Muito utilizado para ajudar os adolescentes a escolher a profissão. Importante também quando adultos estão pensando em mudar de profissão, mas tem dúvidas do caminho a seguir.
Gorse: Cuidados com a pele dando nova luz. É usado em casos de falta de esperança ou de decadência. Renovar a esperança e otimismo
Red Clover: Estabilidade e autoconhecimento em tempos turbulentos. Em algumas circunstâncias, a recusa da consciência de massa desafia o nosso senso de individualidade e de nossa estabilidade. As emoções geradas por demagogia política, a ocorrência de catástrofes naturais, crise econômica, pânico ou histeria, a guerra pode facilmente transformar multidões de pessoas, fazendo-nos perder a nossa individualidade e que se formam entre o coro da negatividade
 Alhelí: Para a incerteza quanto ao caminho a seguir. Para os estados de indolência, apatia e deslocamento, quando há perda de interesse ou motivação para a vida. Para o sentimento de culpa e um sentimento de impureza. Útil em estados de depressão e tristeza de origem desconhecida ou psicopata. Restaura a alegria e o entusiasmo pela vida. Ele ajuda a identificar o sentimento íntimo e genuíno contra o sentimento condicionado. Intuição liberta própria maneira, a formação profissional e "Arte".     Experimente!  

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Vício em alimentos gordurosos é causado por substância similar à da maconha

Uma das tentações mais difíceis de se recusar é uma porção de batatas fritas...


Agora cientistas   descobriram porque este e outros petiscos gordurosos são tão irresistíveis:eles liberam substâncias chamadas endocanabinoides, similares à da maconha e que trazem sensação de prazer, segundo estudo publicado na revista "Proceedings  of the National Academy of Sciences".
Os autores, pesquisadores da Universidade da Califórnia, afirmam que os endocanabinoides são produzidos apenas quando consumimos alimentos gordurosos. E esta descoberta poderá levar a elaborar estratégias mais eficazes para reduzir o consumo em excesso desses produtos, responsáveis por obesidade e doenças cardiovasculares.  Os endocanabinoides são um grupo de moléculas envolvidas em vários processos fisiológicos, incluindo o apetite, a sensação de dor, a memória e o estado de ânimo.
- Esta é a primeira demonstração de que os endocanabinoides no estômago têm um papel importante no controle do consumo de gorduras - afirma Daniele Piomelli, uma dos autores. - São substâncias similares à cannabis, mas produzidas de forma natural pelo própio organismo. Como estes compostos atuam tanto no cérebro como no resto do organismo, há tempos estão sendo investigados por seu potencial para tratar doenças e dependências. O novo estudo foi realizado com roedores e mostrou que, quando os animais comiam um produto gorduroso, um grupo de células em seus intestinos começava a produzir endocanabinoides. Isto não foi observado com o consumo de açúcares e proteínas.  O processo, dizem os autores, começa na língua, onde as gorduras geram um sinal que viaja primeiro ao cérebro e depois até o nervo vago, conjunto de nervos que vai da faringe ao intestino. Ali, o sinal estimula a produção de endocanabinoides, os quais provocam um aumento nos sinais celulares aumentando a vontade de seguir consumindo
alimentos gordurosos.  Os cientistas ainda não sabem porque este mecanismo ocorre apenas com
as gorduras. Talvez seja uma resposta evolutiva dos mamíferos, de acordo com Daniele. Os animais têm uma necessidade enorme de consumir gorduras que ainda são escassas na natureza e são essenciais para o adequado funcionamento da células.  Na sociedade humana contemporânea, as gorduras estão amplamente disponíveis e a necessidade inata de comer alimentos gordurosos aumentou os números de casos de obesidade, diabetes e câncer. Este mecanismo natural que ajudou os mamíferos a sobreviverem agora está provocando o efeito inverso.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Luz Aura



Esta linha é bem completa, e vale lembrar que proteção contra as energias negativas, nunca é demais.   Além dos aromatizadores de ambiente, tem também o perfume, gel de banho, e o roll on para bolsa. 
Protege o ambiente contra todas as negatividades que estão ao redor, vibrações negativas,afastamospensamentos,sentimentos negativos. Proteção Energética.




Óleos Essenciais Puros:
Laranja: Leva calma aos estados de ansiedade. Refrescante. Animador
Pimenta Preta: Para despertar corpo e mente.

Essências Florais:
Walnut: Para aqueles que estão passando por grandes mudanças: adolescência, menopausa, início ou fim de um relacionamento emocional, etc Nesta fase um vínculo profundo com o passado, ou ser influenciado pelas idéias de outras pessoas podem distrair-se do seu próprio caminho. Ajuda suavizar mudanças na vida, deixando para traz os velhos hábitos ou vínculos. Protege contra a negatividade do ambiente. A Essência de walnut ajuda o individuo a seguir seu próprio destino com fé e determinação. Ajuda a pessoa a se livrar das pesadas cargas do passado e do presente que não servem mais para o futuro.
Yarrow: Ela cria um escudo de proteção nestas fases, ajudando a que o Eu central esteja unificado. É muito usada nos casos onde há absorção das energias de outras pessoas ou do ambiente, pois esta essência floral cicatriza e trata a aura muito porosa, de forma que não percamos energia para o ambiente e nem nos tornemos esponjas psíquicas. Traz o aumento da integridade do corpo etérico e das forças vitais formativas. Quando há distúrbios da energia vital e vitalidade devido á radiação nociva, poluição ou outro estresse geopático; limpa dos efeitos residuais de exposições anteriores. Excelente para quem vive em grandes centros poluídos e para quem usa muito o computador.
Orquídeas de Três Continentes: O significado destas plantas não terem contacto com a terra, do ponto de vista energético, representa simbolicamente elas atuarem num campo espiritual mais elevado – os chakras superiores e o reino angélico. Equilibram, o campo físico e anímico-espiritual, através da força energética superior das orquídeas.

Elixir de Turmalina Negra: Elixir de proteção e limpeza; problemas de angústia, ansiedade, depressão e neuroses. Repele as energias negativas.

Elixir Cristal de Rocha: As energias das pedras trabalham no sentido de dissolver os bloqueios que promovem os problemas emocionais e impedem o crescimento pessoal e o desenvolvimento espiritual.

Universo Garden Angels



Gente!  Preciso contar esta estória, que não deixa de ser de amor...   Corto meus cabelos há 6 anos ou mais com o mesmo cabeleireiro, escolhi ele como o meu cabeleireiro pelo acaso,  inclusive ele também corta os cabelos do mestre Goulart. Carlos Artur www.carlosarturdepeder.com, sempre viajado, e sempre se atualizando, cada corte uma novidade, para o corpo, e alma também.   Uma das coisas que nos tornou amigos, foi a paixão por óleos essenciais.  Em uma ida destas para cortar os cabelos, ele tinha acabado de chegar de Buenos Aires, e voltou fascinado com a marca Universo Garden Angels, no dia seguinte, fui fazer reiki no 113, é claro!  E nossa terapeuta disse que usaria um produto que havia acabado de trazer de Buenos Aires, e era o mesmo do dia anterior, o qual o Carlos me mostrou. Usei e amei!!!  E foi assim que a energia do encantamento por estes produtos, á base de óleos essenciais e essências florais, me pegaram também, pois a marca e seu conceito são maravilhosos!  A qualidade é acima das expectativas, deixando muitas marcas que estão no mercado para trás. A matéria prima é toda energizada antes de envazar, não é o máximo? Estou usando tudo, e comprovando o que já desconfiava, a marca é maravilhosa!

Me tornei representante da marca aqui no Rio de Janeiro, com assessoria e vendas para lojas e spas.   
Marque já a sua visita no Leblon.5521-2274.4288 | 5521-8101.8080, e conheça o mundo mágico que é a aromacolorterapia.

Dica!  Quando for a Buenos Aires não deixe de visitar a loja na Av. Santa Fé, nº917, que é a matriz, é quase um "parquinho" para nos divertimos, além dos produtos, eles tem a leitura da aura, que vale muito á pena fazer.  E neste outro endereço tem o Wellness e Beauty spa, com massagens e terapias, que fica na AvCallao, nº1861.


segunda-feira, 20 de junho de 2011

Dica! Bar Lobo - Barcelona

Quando for a Barcelona não deixe de conhecer o Bar Lobo, lugar cool com gente jovem e bonita.  Digamos que tem uma atmosfera Sushi Leblon de ser, se é que me entendem...  Bem pertinho das Ramblas, com uma cozinha simples, mas com influências modernas e sabor internacional, vale cada centavo...   Não se acanhe, pois o atendimento é ótimo, e vale pedir uma sugestão do que pedir para o garçom.  


domingo, 19 de junho de 2011

Ghee=manteiga clarificada=manteiga de garrafa



Adoro os alimentos funcionais, a cada dia descubro mais sobre eles.  Se temos que comer,  porque não comer o que nos faz bem?  O Ghee é um exemplo disso, e costumo usá-lo aqui em casa,  para saltear legumes, fritar ovos, ou incrementar "aquela" receita com muito mais sabor, em substituição a manteiga ou margarina.  O Ghee, na verdade é a nossa influência indiana no nordeste, pois nada mais é do a nossa tradicional manteiga de garrafa. Eu comprava sempre em lojas tipo casa Pedro, ou de produtos naturais.   Mas passei a fazer em casa, que é muito melhor !!!
 
Suas propriedades são infinitas, podemos destacar o fato de ele ligar-se aos radicais livres (de forma mais efetiva que as vitaminas C, E e o betacaroteno); possuir efeito desintoxicante, eliminando as toxinas lipossolúveis ambientais e corporais; ser um ótimo meio de transporte para substâncias curativas, deixar as articulações bem elásticas; reforça o sabor dos alimentos, quando usada em dose moderada; aumenta a produção de sucos gástricos, fortalece o fígado, os rins e o cérebro (memória).   No Ghee, os componentes alérgicos do leite da vaca são destruídos a proteína é desnaturada.  É facilmente digerível e também auxilia na digestão dos outros alimentos, é muito útil para problemas de infertilidade, baixa imunidade e problemas mentais (epilepsia, perda de memória, etc).  Ou seja, um pequeno detalhe na alimentação muda tudo!




RECEITA:   
500g de manteiga sem sal

Preparo:
1. Levar a manteiga ao fogo baixo em uma panela de fundo grosso, sem tampar, por aproximadamente 20 minutos.  Não deixar a manteiga  tornar-se marron, pois estraga o sabor.
2. Retirar do fogo e deixar amornar.
3. Passar a manteiga em uma peneira forrada com tecido de algodão.
4. Armazenar em vidro bem fechado. Pode ser conservado em geladeira por 6 meses.

Utensílios:  Panela de fundo grosso, peneira, e tecido de algodão

Rendimento: 400g

Valor calórico: 90kcal (colher de sopa rasa)

Tempo de preparo: 30 minutos

Congelamento: 30 dias

Fonte: Em busca do equilíbrio nutricional - Lapinha spa - Editora SENAC

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Entre o livro e a maçã...


Belo dia no Marais,  temperatura perfeita! Fomos ver de perto uma das dicas do livro Bistrôs, e o LES PHILOSOPHES foi o lugar escolhido, e foi lá que percebemos que o glossário do livro era fundamental para uma boa pedida.   
E Pedimos um DOS CABILLAUD -  a minha tradução seria: Um bacalhau fresco maravilhoso!  Com um molho de leite de côco e outras especiarias... Eles ainda tem um café da manhã complet, que é uma opção boa para um almoço leve, e ainda é um local ótimo para ver as pessoas passarem...

Mais uma dica do Mestre Goulart

Se você aprecia a boa comida digamos que "Gourmand", melhor ainda! E pode acreditar que está muito além dos restaurantes da moda, do tipo ver e ser visto, mas não estou descartando esta possibilidade heim? Eles tem seu valor, e sem dúvida, devemos tirar um dia da viagem para jantar em um deles...  
Nos sentirmos "locais" em uma viagem é tudo de bom!
Segue a dica do Mestre Goulart, que chegou com este livro em casa, antes da nossa viagem a Paris falando maravilhas!   Além de tudo, este livro ainda tem um glossário super útil, pois acho que nunca vi bistros de Paris terem cardápios em inglês.  
BISTRÔS PARIS - ALEX HERZOG - Edit. Bom texto.    Realmente me rendi a esta publicação, um achado!   É ler para comer!  E muito bem!

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Lisa Pappon

Em minhas andanças pelo Marais em Paris, após um almoço delicioso, lugar ao qual darei a dica em outro post.   Entramos em uma lojinha com vários objetos lindos e interessantes assinados por designers.    E foi aí que a paixão por maçãs do Mestre Goulart veio á tona...   Tinha azul, prateada, pequena, a grande vermelha como a da foto era um sonho...  Mas a nossa realidade era levar uma pequena na mala.   Foi quando perguntamos se tinha como encomendar uma média vermelha brilhante e...  pasmem!   A designer é a brasileira Lisa Pappon, ou seja, as lindas maçãs vem de São Paulo...   E o texto abaixo explica tudo!

Designer brasileira cria escultura em forma de uma maçã gigante para marca alemã

Por Casa e Jardim Online
Pense em uma maçã caída no meio do gramado, sob a copa de uma árvore. A imagem é comum, porque, de tão madura, ela pode ter caído da macieira. Mas e se a fruta for tão grande, a ponto de sua altura ser equivalente a quase metade do tamanho da árvore inteira? A cena é real, mas a fruta é artificial. Trata-se de uma das peças da coleção Fruits, criada pela designer brasileira Lisa Pappon para a marca alemã Bull & Stein. Gigantes, as peças são feitas de cerâmica e pintadas à mão, com acabamento disponível em diversas cores. Vermelho, verde, azul e prata são algumas das opções. Apesar de São Paulo ser a cidade em que Lisa vive e trabalha, a empresa não possui lojas pelo Brasil. 








quarta-feira, 27 de abril de 2011

Primeiro capitulo da minha viagem...

Viajar para o mesmo lugar tem vantagens muito prazerosas, exemplo disso as cidades de Paris, Nova York, e a nossa Buenos Aires querida, deixa isso bem claro...  E o melhor de tudo é que não temos aquela "pressão" de conhecer tudo e todos por um curtíssimo espaço de tempo...  Ufa!  Ainda bem, pois com isso nos sobra um tempo para curtir, observar, apreciar, conhecer restaurantes, lugares, e pessoas com mais calma.


E observando desta forma percebi que o frances repete roupas e sapatos, e os usam até acabar... Um dos motivos é a falta de espaço nos armários, mas vale lembrar que a "sobra" e de estilo.

sábado, 9 de abril de 2011

Saiba os benefícios da fotoproteção em cosméticos de maquiagem

Saiba os benefícios da fotoproteção em cosméticos de maquiagem

Especialista em fotoproteção diz que é necessário distinguir maquiagem com filtro solar de protetores em base tonalizante
O Sol é uma fonte de inúmeros benefícios para a saúde humana, como a síntese da vitamina D, além de ter uma comprovada ação antidepressiva. Entretanto, o reconhecimento de que a exposição aos raios ultravioletas traz danos à pele, podendo ocasionar fotoenvelhecimento e, até mesmo, câncer de pele, tem influenciado no aumento do uso de produtos com filtro solar na formulação, hábito recomendado pelos dermatologistas.

Apesar de muito se falar em fotoproteção, entretanto, o assunto ainda gera dúvidas, principalmente quando o tema é maquiagem. Será que estes cosméticos realmente têm o poder de conferir uma barreira de proteção à pele? Como combinar o uso de itens de make-up com anti-idade?

De acordo com do Dr. Sérgio Schalka, Mestre em Dermatologia, especialista em fotoproteção, é necessário distinguir maquiagem com filtro solar de protetores em base tonalizante. “As maquiagens com FPS costumam ter um fator menor e tem como primeiro objetivo maquiar. Hoje, há pós-compactos destinados ao tratamento dermatológico que podem dar maior cobertura nas faixas UVA e UVB, além da proteção na faixa da luz visível, que é um dos temas mais relevantes no momento”.

Os benefícios da base protetora com tonalizante
O especialista relata ainda que os protetores solares em forma de base, tintos ou coloridos, são cosméticos que, além da sua característica normal, têm na formulação pigmentos capazes de oferecer um benefício cosmético ao paciente e, ao mesmo tempo, aumentar a proteção, principalmente, na faixa do radio UVA longo e da luz visível, “que, hoje, sabemos interferem no processo de pigmentação, como no melasma e na hipercromia pós-inflamatória”. A tecnologia aplicada nestes cosméticos vai além de oferecer coloração à maquiagem, porque os pigmentos da formulação também oferecem proteção.

Schalka conta que a cor destas substâncias é visível e reflete a luz visível, “possibilitando uma proteção adicional que o protetor solar transparente não oferece”. Com esta característica em sua fórmula pode-se afirmar que os protetores tonalizantes definitivamente vieram para ficar, principalmente no tratamento e prevenção das manchas de pele.

Fotoprotetores com filtros físicos
Para intensificar os cuidados com a fotoproteção,  é importante saber que os filtros físicos usados na formulação de protetores são partículas minerais que agem por reflexão e dispersão  da radiação UV e luz visível. Eles podem estar associados a filtros orgânicos (químicos) ou não na composição dos produtos tópicos.

“Os fotoprotetores só com filtros físicos são habitualmente destinados a crianças pequenas e a pacientes alérgicos ou com pele intolerante, pelo fato dos filtros físicos não promoverem a sensibilização cutânea. A sua principal desvantagem, entretanto, é que na forma não-micronizada (como a substância é encontrada na natureza), ele tem coloração branca e, por isso, é pouco aceito pelos usuários, pois deixa a pele esbranquiçada”, descreve o dermatologista.

Na opinião do especialista em fotoproteção, a necessidade de aplicar um filtro solar, mesmo quando se usa maquiagem ou um creme hidratante ou anti-idade com FPS, vai depender do nível de proteção UVB e UVA que se quer alcançar, uma vez que o tom de pele não interfere. “Se for um FPS adequado, no mínimo 30 que é o recomendado, adicionado à formulação do cosmético não há necessidade de aplicação do protetor solarem conjunto”, diz.

Quando a questão é combater o envelhecimento, cuidados adicionais devem ser tomados ao expor-se ao sol, tais como: o uso de chapéu, guarda-sol, óculos escuros, e evitar a exposição em horários em que os raios UV são mais intensos, entre 10h e 16h. Os danos causados pela exposição solar excessiva têm efeito cumulativo e, portanto, cuidados relativos à fotoproteção devem ser praticados desde a infância. E, vale lembrar sempre: essa deve ser uma preocupação para homens e mulheres.


quinta-feira, 7 de abril de 2011

Curiosidades do MESTRE GOULART para MADAME MANAHÚ

Madame Manahu: Tapas, também chamadas de pinchos, são petiscos ou pequenos pratos inventados na Andaluzia, no século 19, para acompanhar o xerez. A partir do costume dos garçons de tampar o copo com um pires, ou tapa(tampa), por causa das moscas, começou-se a servir, nesse pires, pedaços de queijo ou azeitonas para acompanhar a bebida. As tapas de antigamente eram grátis, mas hoje são cobradas. Há uma grande variedade de tapas, desde carnes frias e queijos até caprichados pratos quentes de peixe, carne e verduras.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Realçando o olhar!!!

Estojo para sobrancelhas CLARINS
Acho que já devo ter postado para vocês, sobre a minha paixão por cosméticos, adoro buscar bons produtos, e porque não?   Com um mercado cheio de novidades, e porcarias também...   Cosmético é coisa séria!!!  Fiquem de olho!  Mas pode deixar que só vou postar o que é bom...  E para começarmos, a CLARINS está lançando este estojo para maquiar as sobrancelhas, bom, não preciso falar mais nada, pois a foto já diz tudo!

sexta-feira, 11 de março de 2011

Pesquisa israelense revela que salmão ajuda a combater Mal de Alzheimer

RIO - Uma pesquisa israelense confirmou que comer peixes como salmão, ricos em Ômega 3, reduz os efeitos negativos do Mal de Alzheimer. O vilão dessa moléstia é um gene denominado APOE4, que está presente em metade dos portadores de Alzheimer e em 15% da população em geral.

Experimentos realizados com camundongos pelo professor Daniel Machelson, da Universidade de Tel Aviv, mostraram que a ingestão de alimentos ricos em Ômega 3 e baixos teores de colesterol reduziram significamente os efeitos negativos do gene.  

O APOE é encontrado em todos os seres humanos e se apresenta em duas formas: um gene APOE 'bom' e um gene APOE 'ruim', ou APOE4.

- Condições externas que são geralmente consideradas boas podem ser prejudiciais se o rato for um portador do gene APOE4. Extrapolando esta experiência para a população humana, podemos dizer que os indivíduos com o gene APOE4 'ruins' são mais suscetíveis ao estresse causado por um ambiente que estimule o seu cérebro - diz Michaelson.

Expandindo sua pesquisa, Michaelson verificou que uma dieta rica em óleos de peixes com Ômega 3 neutraliza os efeitos nocivos do APOE4.


Fonte:http://www.jb.com.br/ciencia-e-tecnologia/noticias/2011/02/28/pesquisa-israelense-revela-que-salmao-ajuda-a-combater-mal-de-alzheimer/


Mel pode ser nova arma contra bactérias resistentes

Mais benefícios do mel, hummm!
Substância achada no alimento e batizada de "defensin 1" combate infecções que não respondem a antibióticos, dizem cientistas

IARA BIDERMAN
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Cientistas da Universidade de Amsterdã não apenas comprovaram a ação antibacteriana do mel como mostraram que ele pode neutralizar bactérias resistentes a antibióticos, como Staphylococcus aureus e E. coli.

Os pesquisadores também deram um passo além na busca de novas formas de prevenir e tratar infecções ao descobrir qual é a substância do mel que tem essa ação.

Batizada com o sugestivo nome de defensin-1, trata-se de uma proteína presente no organismo das abelhas, por elas acrescentada ao mel.

"É importante encontrarmos produtos naturais que desativam bactérias. Eles não têm a toxicidade dos medicamentos e podem ser usados em quantidades maiores", diz o infectologista Marcos Boulos, da Faculdade de Medicina da USP.

O uso popular do mel para tratar sintomas como dor de garganta mostra que ele tem alguma eficácia, segundo Boulos. Porém, o mel "in natura" não oferece garantia de controle da infecção.
"Além da questão da qualidade do mel, não sabemos se a substância ativa foi ingerida em concentração suficiente. A vantagem da pesquisa foi isolar a substância, o que pode levar ao desenvolvimento de produtos eficazes para cura e prevenção de infecções", diz o médico.

Segundo o cardiologista e nutrólogo Daniel Magnoni, o mel é um nutriente de alto valor energético, que pode ajudar o sistema imunológico, mas o uso contra infecções ainda tem que ser muito estudado.

Durval Ribas, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia, diz que há alguns estudos mostrando a ação anti-inflamatória e bactericida do mel em infecções de pele. "Mas ainda não podemos confirmar o uso médico", acrescenta.

Para os autores da pesquisa, publicada no jornal da Federação das Sociedades Americanas para Biologia Experimental, o mecanismo de ação foi esclarecido.

Eles afirmam que tanto o mel quanto a substância antibacteriana isolada (a defensin 1) têm alto valor na prevenção e no tratamento de infecções por bactérias resistentes a antibióticos.

Pimenta: alívio ardido para as dores

A substância que lhe dá o sabor picante ameniza as sensações dolorosas e ainda contribui para queimar os quilos a mais. Fique por dentro de notícias ardentes da ciência
por Lúcia Nascimento
Degustar um prato apimentado deflagra reações no organismo que vão muito além daquela ardência na língua. Esse incêndio todo é obra de uma substância encontrada na malagueta, na cumari, na dedo-de-moça e em outras tantas pimentas: a capsaicina. Em contato com membranas da boca, do nariz e da garganta, ela desencadeia um sinal de dor transmitido de célula a célula até chegar lá em cima, na massa cinzenta. “É a mesma mensagem enviada em casos de queimadura por fogo”, afirma Rita de Cássia Pereira Alves, pesquisadora da Embrapa Agroindústria Tropical, em Fortaleza, no Ceará. O cérebro, aflito, reage produzindo endorfinas — compostos similares à morfina, que eliminam a sensação dolorosa.

Em outras palavras, a pimenta é uma contradição em forma de fruta (sim, ela é fruta): arde, mas ao mesmo tempo alivia dores. Cientistas da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, levaram a pequena incendiária da cozinha para o laboratório e comprovaram sua dupla faceta. Eles isolaram a capsaicina e a associaram a um derivado de lidocaína, um anestésico local usado para operações dentárias e para apagar inflamações. O preparado conseguiu silenciar os neurônios sensíveis à dor. “A capsaicina bloqueia apenas a condução do impulso dolorido. Já os analgésicos tradicionais barram os estímulos de todos os neurônios sensoriais, afetando sentidos como o tato”, explica a farmacêutica Isabela Guerreiro, do Rio de Janeiro.

Além de mitigar dores, a ardência do tempero acelera os batimentos cardíacos, aumenta a produção de suor e de saliva. Em suma, faz o corpo queimar mais energia, sobretudo aquela armazenada na forma de gordura. Esse mérito não cabe somente à capsaicina, mas também à dihidrocapsaicina, que, diga-se, é menos ardida do que sua prima. Prova disso veio da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, também nos Estados Unidos. Ali, um grupo de pesquisadores analisou 33 homens e mulheres obesos: parte deles recebeu placebo e outra parte uma dose de dihidrocapsaicina. Os resultados mostraram que a substância ajudou a torrar entre 100 e 200 calorias extras por dia.

A pimenta também possui propriedades vasodilatadoras, ou seja, ela aumenta o calibre de nossos vasos. Esse efeito dá aquela mãozinha para a circulação sanguínea, melhorando a irrigação inclusive dos órgãos genitais — daí sua fama de afrodisíaca. “Além disso, ela contém poucas calorias e é fonte de vitaminas A, C e do complexo B”, lembra a nutricionista Camila Leonel Mendes de Abreu, da equipe de nutrição do Centro de Atendimento e Apoio ao Adolescente da Universidade Federal de São Paulo.

A vitamina A é famosa por preservar a saúde dos olhos. Já a C, um dos antioxidantes mais badalados, entra na produção de anticorpos. Finalmente, o time do complexo B, que inclui substâncias que evitam a malformação fetal. Para tirar proveito de todos esses benefícios, a sugestão é apostar nas pimentas vermelhas. “Elas possuem maior valor nutricional do que as verdes”, diz Camila.

O único senão para o consumo do condimento vai para as pessoas que sofrem de gastrite. Para esses indivíduos, o conselho é evitar exageros, porque as pimentas financiam a produção de ácido clorídrico, o que pode incendiar ainda mais o cenário estomacal. E, para aqueles que não deixam uma pimentinha de lado, um recado: a capsaicina não é solúvel em água, somente em óleo. Então pouco adianta entornar copos e mais copos do líquido para aplacar a queimação. Nessas horas, prefira alimentos com pitadas de gordura na composição, como um gole de leite, para obter algum alívio.

Um trabalho da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, mostra que, ao sinal de ferimento, o corpo libera uma substância semelhante à capsaicina, a responsável pela ardência de pimentas como a malagueta.
Um histórico ardido
Há mais de 2 500 anos as pimentas servem à medicina e à culinária. Até a Idade Média, elas eram usadas como condimento para conservar e realçar sabores — ou esconder o azedo da comida estragada. Por séculos, a pimenta-do-reino foi a única conhecida dos povos da Europa, que a traziam da Índia. Apenas em sua segunda viagem à atual América Latina, no século 15, Cristóvão Colombo (1451-1506) encontrou outro tempero picante: as pimentas do gênero Capsicum, que incluem a malagueta e a habanero. Ele levou a descoberta para a Espanha e em cerca de 50 anos sua ardência se espalhou pelo mundo.

Um quê de realeza
A pimenta-do-reino vem da parreira Piper nigrum, originária da Índia. Nos tempos das grandes navegações do século 15, portugueses e espanhóis saíram de seu país em busca de temperos como ela, que era uma das especiarias mais valorizadas à época. “Essa pimenta foi muito usada pelo reino de Portugal, daí o seu nome”, conta a nutricionista Elenise Corbari, do Rio Grande do Sul. Hoje seus principais produtores são Índia, Brasil, Indonésia e Malásia. Diz a lenda que ela pode grudar nas paredes do estômago e do intestino, causando inflamação. “Mas não há comprovação científica”, garante Elenise.
Tipinhos apimentados
O gênero de pimentas Capsicum, que tem como princípio ativo a capsaicina, possui muitos exemplares.
Pimenta-de-cheiro
Frequente na cozinha nordestina, seu grau de ardência varia de leve a muito picante, mas o que mais atrai nessa pimenta é o aroma forte. Pode ser usada em saladas e combina com peixes e carnes.
Dedo-de-moça
É picante, porém menos ardida do que parentes como a malagueta. Acompanha bem carnes, peixes e molho de tomate. Pode ser usada em pratos adocicados, como arroz-doce e chutney (veja a receita na próxima página).
Habanero
Considerada a mais poderosa entre as pimentas por ser a que mais queima calorias. Nasceu no Caribe e no norte do México e é ideal para quem já é, digamos, iniciado. É usada principalmente em molhos, bem diluída.
Murupi
Representante da Região Norte do Brasil, é uma das pimentas com maior teor de ardência do país. Tradicionalmente usada no pato ao tucupi, também serve para a preparação de molhos e conservas.
Malagueta
Uma das mais picantes, é conhecida como piri-piri em Portugal e Moçambique. É rica em licopeno, fitoquímico que dá cor vermelha aos vegetais e é um aliado contra o câncer de próstata. Vai bem com feijoadas e pratos da culinária baiana.
Biquinho
Tem a forma de pingo e é a mais suave de todas. Por anos foi usada como planta ornamental e só recentemente chegou às cozinhas. É uma boa pedida em saladas, pratos vegetarianos e até como tira-gosto.
Cumari
Pra lá de picante, é encontrada apenas no Brasil. De acordo com pesquisas nacionais, é uma das mais ricas em antioxidantes. Usada em conservas, é ideal para molhos, cozidos e marinados.



Produção: Inah Ramos - Pepper - Sacolão Higienópolis / Produção culinária: Silvia Marques. 
Fontes: Camila Leonel Mendes de Abreu, nutricionista da equipe de nutrição do Centro de Atendimento de Apoio ao Adolescente da Universidade Federal de São Paulo; e Luciene Mendonça da Costa, pesquisadora da área de ciências ambientais da Universidade Comunitária Regional de Chapecó, no interior de Santa Catarina.

Chutney de pimenta
Seu sabor é agridoce e serve de acompanhamento para carnes. Ele também pode ser servido com pães, como um antepasto, ou usado como tempero em outros preparos. A receita é do chef Renato Caleffi, do Le Manjue Bistrô, em São Paulo

Ingredientes
• 1 xícara de chá de pimenta dedo-de-moça (cortar ao meio, tirar as sementes e depois dividir em quatro partes)
• 5 colheres de sopa de azeite
• 2 canelas em pau
• 5 cravos
• 3 sementes de cardamomo
• 1 colher de chá de cominho em grãos
• 2 cebolas cortadas em tiras finas
• 5 colheres de sopa de vinagre
• 5 colheres de açúcar mascavo
• 1 colher de chá de páprica doce
• 1 colher de chá de gengibre ralado

Modo de preparo
Escalde as pimentas com água fervente e deixe escorrer. Coloque o azeite em uma panela alta e, ao esquentar, adicione as especiarias (canela, cravo, cardamomo, cominho). Em seguida acrescente as pimentas e as cebolas. Coloque o vinagre e o açúcar mascavo. Adicione a páprica doce e o gengibre. Deixe apurar em fogo lento por pelo menos uma hora. Se precisar corrigir o açúcar e a cor, adicione um pouco mais de açúcar mascavo.




domingo, 27 de fevereiro de 2011

Em Londres, sorvete de leite humano vira sucesso instantâneo de vendas



Ben Stansall/France Presse

Cartaz em loja no centro de Londres avisa os clientes que o sorvete Baby Gaga, feito de leite humano, baunilha e raspas de limão, está esgotado

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Uma loja londrina está vendendo uma sobremesa incomum: sorvete feito de leite materno.
A sorveteria moderninha Icecreamists afirma que o novo sabor, batizado de Baby Gaga, esgotou no primeiro dia de vendas, ontem.

Para conseguir a matéria-prima, a loja colocou anúncios em um fórum de mães na internet, procurando mulheres dispostas a vender leite materno. Victoria Hiley, 35, foi uma das 15 que responderam. Todas elas foram submetidas a exames de saúde antes da "ordenha".

Hiley trabalha com mulheres que têm dificuldades para amamentar. Ela acredita que se os adultos percebessem como o leite materno é gostoso, mães de primeira viagem estariam mais dispostas a amamentar seus bebês.

"O que pode ser mais natural e fresco do que leite materno? E qual é o mal em usar meu patrimônio para ganhar um dinheiro extra?"

Ela afirma que o sorvete "derrete na boca". Para o preparo, o leite é pasteurizado e misturado com favas de baunilha e raspas de limão. O doce vem numa taça de martíni e custa 14 libras (R$ 30).
Matt O'Connor, dono da Icecreamists, caracteriza o sorvete como "orgânico e totalmente natural". O empresário diz que algumas pessoas podem até sentir nojo. Ele, é claro, não. "Eu tomei um Baby Gaga hoje de manhã e estou ótimo."

A agência que regula alimentos na Inglaterra afirma que não há leis proibindo a venda de derivados de leite humano, mas que os produtos devem cumprir regras sanitárias básicas.